escolhe o tema na barra lateral

Sexta-feira, 27 de Fevereiro, 2009

Origens e evolução da Internet

  
A Internet teve as suas origens nos EUA, em 1970, quando o Departamento de Defesadecidiu criar uma rede de computadores capaz de pôr em comunicação centros geograficamente afastados e com equipamentos distintos. Surge assim a ARPANet.
Mas a ARPANet cedo se expandiu também para os meios académicos universitários e científicos.
Na década de 80 a ARPANet deu origem a duas outras redes:

 
A MILNet, exclusivamente para fins militares e respeitando a intenção inicial da criação deste tipo de rede;
 
A NSFNet, para fins científicos, sendo NSF sinónimo de National Science Foundation.

A NSFNet foi-se expandindo a novas redes, começando a tornar-se no que hoje se conhece como Internet.
No início, o motivo, para além da abertura às universidades, foi também o interesse nos seus serviços por parte de instituições comerciais, que viram nesse novo tipo de comunicação, um novo e amplo mercado a explorar.
Surgem então os ISP- Internet Service Providers. Ao mesmo tempo surge a WWW- World Wide Web, ou seja, um sistema de comunicações associado aos interfaces gráficos, hipertexto e multimédia.
Hoje em dia, com a distribuição quase gratuita de software de navegação na Web, os Web Browsers , como por exemplo o Internet Explorer ou Netscape Navigator, a Internet é uma rede ao alcance de qualquer pessoa.

A base da arquitectura da Internet

 

Os protocolos TCP/IP (Transmission Control Protocol / Internet Protocol) constituem a base tecnológica do funcionamento e da arquitectura da Internet.
Foram estes protocolos que criaram, pela primeira vez, uma arquitectura geral de redes de computadores, baseada em camadas ou níveis diferenciados de funções.
Foi a partir desta concepção de redes em camadas ou níveis, que surgiu o Modelo OSI (Open System Interconnection). Mas enquanto o Modelo OSI apresenta um arquitectura de redes em sete níveis, a arquitectura TCP/IP define apenas três:

 
Nível de rede, o nível do IP;
Nível de transporte, o nível do TCP;
 
 
 
Nível de aplicação, com diversos protocolos de aplicação.
SMTP (Simple Mail Transfer Protocol);
 
Telnet (Emulação de terminal);
 
FTP (File Transfer Protocol);
 
HTTP ( HyperText Transfer Protocol).
 

Em conjunto, os protocolos TCP/IP asseguram um sistema de transmissão eficiente e flexível para poder funcionar sobre qualquer infra-estrutura de comunicação, desde que as máquinas contenham o software que implementa estes protocolos.
Como se sabe, por cima dos protocolos TCP/IP, funcionam os protocolos das aplicações, como por exemplo:

 

 

A História da Internet

Documentário animado sobre a internet, que explica as invenções do "time-sharing" até ao "filesharing", do "Arpanet" até à "Internet".

Vídeo

Saber mais sobre a Internet...

Wikipédia

ISOC: History of the internet

Computer Networks: The Heralds Of Resource Sharing

 

Assuntos tratados no blog:
publicado por ana às 22:43

mais sobre mim
arquivos
últ. comentários
Se o windows trabalhasse sobre Linux não era a por...
mais comentados
pesquisar